Desvio do septo nasal: Como descobrir se tenho esse problema?

Desvio do septo nasal

O septo nasal é constituído de uma porção cartilaginosa e outra óssea, separa as duas cavidades nasais medialmente e pode ser de maior ou menor grau. Quando esta parede osteocartilaginosa está desviada, denomina-se desvio septal. Conforme o tamanho do desvio, pode ocorrer obstrução do fluxo aéreo de uma ou outra cavidade, ou ainda, ambas as cavidades. Mesmo que seu nariz esteja reto visto de fora, pode ter um desvio de septo. O desvio de septo nasal é mais comum do que você imagina, estima-se que cerca 70% da população apresente algum grau de desvio do septo nasal. Em muitos casos, o desvio de septo é leve e não causa sintomas. Contudo, em casos moderados a graves, os desvios podem causar obstrução nasal e necessitar de tratamento.

O que significa ter “desvio do septo nasal”?

O sintoma da obstrução nasal pode indicar que você tenha algum desvio do septo, embora outras estruturas endonasais também propiciem o bloqueio do fluxo aéreo nasal. Muitos pacientes apresentam o desvio septal desde quando nascem. Outras, adquirem devido ao trauma. Menos comumente, o desvio do septo ocorre devido a doenças do tecido conjuntivo, como lúpus eritematoso sistêmico ou artrite reumatoide.

Sintomas de desvio do septo nasal:

O sintoma mais comum do desvio do septo é a congestão nasal, com um lado do nariz mais congestionado que o outro, ou ambas as cavidades comprometidas. Além de dificuldade para respirar, Infecções sinusais recorrentes ou repetidas também podem ser um sinal de desvio de septo. Outros sintomas incluem:

  • Sangramentos nasais
  • Dor facial
  • Dor de cabeça
  • Apneias e roncos durante o sono

Se você estiver apresentando um ou mais desses sintomas e sentir que pode ter um desvio de septo, o próximo passo é fazer o exame de rinoscopia com o profissional otorrinolaringologista.

Como é feito o diagnóstico do desvio do septo nasal?

Muitas patologias podem causar sintomas semelhantes ou sugerir um desvio septal, como pólipos nasais, infecções e alergias. Assim que houver suspeita da condição, o profissional começará revisando o seu histórico médico em busca de possíveis causas. Isso inclui o exame rinológico para investigar lesões e como se apresentam as estruturas endonasais.

Realize o tratamento adequado para seu caso:

Algumas vezes, o desvio pode influir também na anatomia externa ou arcabouço nasal, levando a uma lateralização do mesmo, conhecido como “nariz torto”.  Nestes casos, está indicada a rinosseptoplastia, cirurgia através da qual se realiza a correção do septo e da pirâmide óssea nasal, proporcionado funcionalidade e estética do nariz. A cirurgia da septoplastia é realizada realinhando-se as estruturas osteocartilaginosas medialmente, liberando, assim, o fluxo aéreo nasal.  Nos casos de rinosseptoplastia, a cirurgia corrigirá a estética do nariz através de acesso endonasal ou externo, este último através de pequena incisão na columela (divisão entre as duas cavidades nasais e na entrada das mesmas), ficando uma cicatriz praticamente imperceptível ao longo dos meses após o procedimento.

Tenha uma atenção extra ao pós-operatório.

Após a cirurgia, você deve manter os cuidados sugeridos e é fundamental não abrir exceções. Um pós-operatório bem cuidado é fator de sucesso para a sua cirurgia. Leia os cuidados indicados na sessão cuidados pós-operatórios em rinoplastia, lá estão todas informações para este tema aqui comentado.

Atualmente, através de técnicas modernas, a recuperação é rápida, sem os edemas (inchaços) e hematomas (roxos) do passado. Tanto a septoplastia, quanto a rinosseptoplastia não apresentarão dor no pós-operatório, assim como, não usamos mais os desconfortáveis tampões nasais, o que é um grande alívio e era motivo de receio em muitos candidatos para septoplastia ou a rinosseptoplastia.  

A cura é um processo lento. Dessa forma, você pode sentir algum edema, embora diminuto, como citado anteriormente, ocorrer durante meses e especialmente na ponta do nariz. Os resultados finais da correção ficarão totalmente prontos ou plenamente visíveis em um ano, e, em casos de pele grossa, além de um ano. Cada nariz é único e não existirá uma cirurgia igual a outra. Mas podemos afirmar, sua cirurgia será realizada com o melhor em tecnologia, conhecimento e segurança.

O que devo fazer se achar que tenho um desvio de septo?

Você está enfrentando dificuldade para respirar ou dormir bem?

Agende uma consulta para entender o que está acontecendo e descubra como resolver esses problemas. Não espere mais para respirar melhor e ter uma vida com mais conforto. Marque sua consulta com o Dr. Marcelo Zanini hoje mesmo e comece a trilhar o caminho para uma qualidade de vida melhor.

Para mais conteúdos como este siga Instagram @‌drmarcelozanini